Escolha a agulha certa!

Cedo ou tarde, a maioria dos artesãos precisará de uma agulha de uso manual, e trabalhar com a agulha correta facilita muito a tarefa. Vamos conhecê-las:

Agulhas de ponta comum ou Sharp: são as agulhas normalmente usadas para costuras à mão. Elas tem ponta afiada e são de tamanho médio. Tem olho arredondado e grande o suficiente para acomodar a linha. Estão disponíveis nos tamanhos 1 a 10, que é determinado pelo diâmetro da agulha: a número 1 é a mais longa e grossa e a 10 é a mais curta e fina.

A escolha do tamanho da agulha depende do tecido a ser costurado, geralmente quanto mais leve o tecido, mais fina deverá ser a agulha. Um bom teste para escolher agulha é passá-la pelo tecido e optar por aquela que passa mais facilmente e/ou deixa o menor buraco no tecido.

Agulha de ponta redonda ou Ball-point: tem a ponta redonda e são perfeitas para costurar peças tricotadas. Uma agulha pontuda facilmente danifica a malha, pois pode atravessar o fio e deformar o ponto. A de ponta redonda passará entre os pontos. Estão disponíveis nos tamanhos 5 a 10.

Agulhas de bordado: são similares às afiadas. A principal diferença está no olho, que é maior, facilitando a passagem de fios e linhas mais grossos. Quem tem dificuldade em colocar a linha na agulha de costura, pode usar essas para costuras à mão.Existem nos tamanhos 1 a 10.

Agulhas para quiltado: também conhecidas como “betweens”, são muito mais curtas e um pouco mais finas do que as afiadas e também tem olho arredondado e pequeno. São ótimas para bordados pequenos e detalhados, e claro, para quiltar. Sua espessura e olho pequeno facilitam o trabalho em tecidos grossos e pesados como jeans e tweed. São encontradas nos tamanhos 1 a 10.

Milliner: são as mais longas para costuras manuais. Usadas tradicionalmente na confecção de chapéus, mas também são ótimas para alinhavar um quilt. Disponíveis nos tamanhos 1 a 10.

Agulhas para tapeçaria: têm ponta cega para poder passar pelas telas de bordado e tapeçaria sem danificá-las e um olho grande para acomodar os fios mais grossos usados nesse tipo de artesanato.

Agulhas Chenille: têm um olho grande como as para tapeçaria, mas ponta é afiada. São ideais para bordados com fita, onde é necessário passar um cordão ou fita grossos por um tecido de trama fechada.

Texto original de Diane Gilleland (craftstylish.com). Tradução e adaptação: Ane Scherrer.